24 de dezembro de 2008

Ozymandias

Trechos da HQ Watchmen
de Alan Moore e Dave Gibbons

(…) Animação por computador permeia até mesmo os sucrilhos do café da manhã de um futuro alucinógeno. Os canais musicais processam infinitas representações lineares...
Estabelecidos estes pontos de referência, um inesperado mundo se torna gradualmente discernível dentro da mídia. Esse modelo de fragmentado do amanhã alinha-se em áreas específicas, obscurecidas pela indeterminação. Grandes suposições quanto a esse futuro devem ser afastadas... Podemos, contudo, lançar hipóteses sobre sua psicologia.
Aliado à maciça aceleração tecnológica prevista para o fim do milênio, esse oblíquo mosaico revela a imagem de uma nova era de novas sensações e possibilidades. Uma era do imaginável feito concreto... e do milagre casual!
observações de Adrian Veidt.

“Meu nome é Ozymandias, rei dos reis: Veja minha obra, ó poderoso, e perca a esperança!”
Ozymandias, Percy Bysshe Shelley.

Nenhum comentário: